operacao-materiais-contendo-amianto

Operação de Materiais Contendo Amianto

Um estudo realizado do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA) identificou, em média, mais de 400 novos internados nos hospitais portugueses por ano entre 2000 e 2011 por mesotelioma. Foram ainda declaradas, em média, 35 mortes anuais com tendência de crescimento e 3% das doenças profissionais declaradas são causados pela exposição a estas fibras cancerígenas e destes 63% dos casos por inalação involuntária. Números preocupantes já que o aumento dos casos está diretamente ligado com a degradação dos edifícios.

 

Em 2011 surgiu um diploma com vista a necessidade de promover a identificação da totalidade dos materiais com amianto, promoção de análises a concentrações de fibras respiráveis, avaliação do risco de exposição dos trabalhadores e ocupantes dos edifícios por forma sinalizar situações prioritárias com a definição de medidas para prevenir ou minimizar a exposição, com a emissão de um plano de ação para o amianto. O estado Português começou pelo parque escolar, mas estima-se mais de 600 mil hectares de edifícios públicos contruídos com materiais contendo amianto, mas então e os edifícios privados?

 

Há, sem dúvida um longo trabalho a fazer e paralelamente é necessário capacitar as empresas, os técnicos e os trabalhadores para o correto manuseamento e tratamento destes materiais.

 

Rolando Costa

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *